Início > Técnica > Como começar a pedalar

Como começar a pedalar


Pedal de encaixe - Ítem indispensável para pedalar corretamente

Sei que todos já pedalaram quando crianças, mas vou abordar o tema considerando um uso mais esportivo da bicicleta. Mas o que seria uma utilização mais esportiva? É quando a pessoa começa a pedalar com mais frequência e treina e estuda para melhorar o desempenho. A consequência dessa prática é o desenvolvimento dos músculos específicos do ciclismo no corpo todo, mas mais visivelmente nas pernas e braços.

Pedalar pode ser muito simples ou por outro lado tão complexo quanto se queira. Mas para quem vai na direção da simplicidade, saiba que dificilmente vai obter o melhor desempenho possível. O ciclismo (incluindo Estrada e Mountain Bike) é cheio de truques, manhas e efeitos colaterais que tornam o aprendizado longo e motivador, visando aproveitar da melhor forma a pouca potência gerada pelo corpo humanos (cerca de meio cavalo, né?). E a cada aprendizado, a velocidade e o prazer aumenta e se aproxima do movimento perfeito e uma velocidade que se não é a de uma Ferrari, para o ciclista é como se fosse, com o motor girando redondo e em alta rotação.

Ah ah. . .já ia indo para a poesia, vamos lá, pé no chão.

Precisamos de diversos ítens que somados dão um bom dinheiro, então começa-se com equipamento mais simples. Assim, se descobrir que esse não é o seu esporte, o prejuizo é menor.

1) Bicicleta

Se você já tem uma bicicleta, qualquer uma, comece com ela mesmo. Enquanto isso, vá estudando com calma e visite as lojas para ver qual será sua primeira “bike séria”.

Defina primeiro o local onde vai andar. É que precisa escolher entre Mountain Bike e Bicicleta de Estrada. Bicicleta de Estrada é conhecida no Brasil como “speed” mas é um termo utilizado somente por aqui. No geral quem anda de speed pedala em locais onde se atinge altas velocidades como nos acostamento de rodovia ou na Cidade Universitária. Quem anda de Mountain Bike (MTB), anda nas ruas da cidade e nas trilhas. As MTB não conseguem acompanhar as speed em velocidade. Do mesmo modo, as speed não conseguem ir para as trilhas. A dúvida fica para a utilização nas ruas travadas da cidade mas para esses casos acredito ser melhor as MTB.

Como diz um amigo: bicicleta, quanto melhor, melhor. Vou ter que fazer um artigo específico para a escolha da bicicleta, mas por enquanto fique sabendo que o mais importante é o tamanho do quadro. Tem diversos critérios e até tabelas de fabricantes, mas uma boa loja deve ser capaz de lhe indicar o melhor. Se possível, experimente dois tamanhos para escolher o mais certo. Nas MTB o tamanho do quadro é dado em polegadas, medindo-se o comprimento do tubo do selim. Vêm marcados no quadro como 17, 18, 19, etc. Dependendo do fabricante, 17.5, 18.5, 19.5, etc. Nas speed o tamanho é em centímetros, medindo-se também o comprimento do tubo do selim. As medidas vêm marcados no quadro como 52, 54, 56, etc.

Se você pretende andar esportivamente e atingir boa performance, a bicicleta a ser escolhida é diferente daquela usada para andar confortavelmente no parque. Em geral bicicletas mais baratas são voltadas para o conforto e as mais caras são voltadas para performance. Isso se verifica não apenas nos componentes e consequentemente no peso da bicicleta mas também na geometria. As bicicletas dos profissionais têm em geral o guidão em posição mais baixa.

2) Acessórios

Capacete: Este ítem é fundamental. Já vi um tombo onde o capacete evitou que o ciclista batesse a lateral da cabeça no chão. Os melhores custam muito caro (até 1000 reais), são leves, têm reforços de kevlar e ventilação boa com muitas aberturas. Não compre esse ainda, tem coisa mais simples em torno de 100 reais. Atenção com o tamanho, experimente bem, assim como o sistema de fixação.

Luvas: Para o clima quente do Brasil, as luvas normais de ciclismo com os dedos de fora são os ideais. Atenção nos preços, variam bastante. Os melhores custam em torno de 150 reais, são muito anatômicos e têm gel em locais estratégicos para amortecer o impacto. Novamente, escolha coisas mais simples em torno de 50 a 70 reais. Atenção com o tamanho. Normalmente este ítem dura muito, uns 5 anos.

Calção de ciclismo: São calções com almofadas de gel ou espuma para amortecimento. É fundamental este ítem para o conforto das partes inferiores. Muitos acham horrível mas logo se acostuma e fica tudo bem. Atenção, existem modelos femininos e masculinos, cuidado para não comprar errado. Os modelos femininos têm espuma em forma de coração, as pernas são mais longas. Não sei se todos os modelos femininos são assim, só vi um, não fiquei muito interessado…

Meias: As meias específicas para ciclismo são curtas e de tecido não muito grosso. Mas as meias esportivas curtas as substituem muito bem.

3) Pedal de encaixe e sapatilha

Não precisa necessariamente começar com isso. Mas é fundamental a utilização dos pedais de encaixe para aprender a pedalar corretamente e com segurança. Vá estudando para se acostumar. . .

Futuro ciclista esportivo, atenção :

– Não compre aqueles bancos enormes de gel. O amortecimento deve estar no calção.

– Os bancos são diferentes para as mulheres (mais curtos e largos). Elas têm a anatomia diferente.

– Evite as bicicletas full suspension no começo. É uma complexidade desnecessária.

Alguns fabricantes renomados de bicicleta com revendas no Brasil:

Scott

Merida

Specialized

Trek

Não consigo esgotar o tema em um só artigo, vou escrevendo aos poucos.

Me escreva se tiver dúvidas.

Um abraço.

Anúncios
Categorias:Técnica
  1. Claudomiro Jr.
    novembro 8, 2010 às 8:43 am

    Excelente artigo.

    Seria bom alguns exemplos de configurações “reais” com faixas de preço aproximadas.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: