Início > Notícias > 2011.07.22 – Notícias do Tour de France (Etapa 18)

2011.07.22 – Notícias do Tour de France (Etapa 18)


Tour de France 2011 - Etapa 18 (Pinerolo a Serre-Chevalier) (Foto: TV British Euro Sport)

A maior perda desta etapa foi com Alberto Contador: faltando poucos quilômetros para o fim, Andy Schleck já estava a mais de 2 minutos isolado e quase na linha de chegada. Contador estava no grupo seguinte com mais 6 ciclistas, dentre eles Frank Schleck, Cadel Evans, Ivan Basso, Thomas Voeckler, Pierre Rolland e Damiano Cunego quando começou a ficar para trás e não conseguiu acompanhar, chegando a 3’50” do vencedor. Neste ano ele não vinha tão bem como nos anos anteriores, faltava a vitalidade que ele mostrou nos Tours passados. Alguns dizem que é por causa de sua vitória no Giro D’Italia, é muito difícil ganhar esses dois tours no mesmo ano. Aliás, a grande maioria dos ciclistas escolhem apenas um dos grande tours mundiais: Tour de France, Giro D’Italia ou Vuelta a España. Apenas sete ciclistas na história conseguiram ganhar no mesmo ano o Giro D’Italia e o Tour de France, o último foi Marco Pantani em 1998 (Fonte: Wikipedia). Essa etapa 18 (Pinerolo-Galibier Serre-Chevalier 200,5 km) foi terrível, com 3 subidas HC. Nenhum dos 10 primeiros chegou dentro do mesmo tempo, foi cada um por si como normalmente são essas etapas de montanha. Como prova de que os grande tours são ganhos nas montanhas, na etapa 5 (Carhaix-Cap Frèhel 164,5 km) ganho por Mark Cavendish que foi uma etapa plana, os primeiros 109 chegaram dentro do mesmo segundo (no Tour, quando forma grupo compacto todos chegam no mesmo tempo).
A diferença entre os primeiros colocados no Tour são praticamente insignificante, eu particularmente ficaria satisfeito com a vitória de qualquer um deles, cada um tem seu ponto a favor: o Voeckler surpreendendo todo mundo com tantas etapas de Camisa Amarela, o Cadel Evans mostrando uma incrível força e consistência, os Schleck mostrando além de capacidade nas montanhas um jogo de dupla onde apenas um dos dois atacam de cada vez. Cunego, Basso e Contador já estão um pouco mais distantes mas nessas etapas de montanha tudo pode acontecer.
Para ilustrar, segue uma foto que tirei da TV, não resisti quando vi essas montanhas com a rota da etapa 18 entrando nas núvens.
Traduzo uma frase do Alberto Contador sobre o seu atual momento:
“Dia duro hoje, estes momentos não tão bons são os que lhe permitem desfrutar mais dos bons momentos. Obrigado a todos.”
Um abraço.

Anúncios
Categorias:Notícias
  1. Fabio
    julho 22, 2011 às 10:44 pm

    Olá Paulo, na sua opnião quem ganha o tour este ano ? Irmão Schleck, Cadel Evans, Contador ?

    Abraço.

  2. julho 23, 2011 às 7:35 am

    Ficou tudo para o Time Trial onde Andy, Frank e Evans estão muito próximos. Acredito que vai estar entre o Andy que melhorou muito no Time Trial e o Evans. Só falo isso porque não conheço o Frank no Time Trial. Quanto ao Voecler, está um pouco mais distante a pouco mais de 2 minutos mas em um time trial longo de 42,5 km tudo pode acontecer. Quem sabe seja ele? O mundo iria adorar um vencedor de rosto tão sorridente…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: