Início > Histórias de Pedal > 2011.10.16 – Ciclovia do Rio Pinheiros (tinta lisa e lombadas)

2011.10.16 – Ciclovia do Rio Pinheiros (tinta lisa e lombadas)


Ciclovia Rio Pinheiros em dia de chuva - Obs: não amassei as flores... (Foto: Paulo Ciclista)

Faz tempo que não chove tanto como nesse fim de semana. No sábado fui para a Ciclovia do Rio Pinheiros com chuva mesmo, e segundo a pessoa na portaria eu fui o segundo ciclista a entrar. Mas até que tinha bastante gente pedalando, encontrei mais de dez pessoas no total. E a chuva era torrencial. Em condição tão extrema, aparecem alguns problemas: a tinta vermelha da Ciclovia Rio Pinheiros deixa a pista muito lisa, um sabão. Quase caí um tombo e estava bem devagar, quase parado, na curva da entrada. Existe placa recomendando cuidado, muita gente já deve ter caído lá. Essa tinta, além de um desperdício enorme, é um perigo quando molhada, espero que não pintem as próximas ciclovias. Bastaria fazer como na ciclofaixa e pintar figuras de tempos em tempos. Aproveito para dizer que aquelas lombadas da Ciclovia do Rio Pinheiros não parecem necessárias e são desagradáveis para os ciclistas. Tenho visto os carros e as motos trafegarem com extremo cuidado, buzinando e sinalizando, de luzes acesas e andando bem devagar em todo o percurso, portanto a prática tem mostrado que não são necessárias aquelas lombadas. Espero estar sendo construtivo com essas críticas, pois são pequenos pontos em uma ciclovia que é muito boa.
Aproveito para mandar um abraço para as pessoas que trabalham nos barcos de limpeza do Rio Pinheiros, estavam lá embaixo do maior toró, de capa de chuva (veja foto, ao fundo).
Um abraço.

Anúncios
Categorias:Histórias de Pedal
  1. Reginaldo
    fevereiro 14, 2012 às 10:20 am

    As lombadas são para os carros da EMAE que passam pela “avenida” e são necessárias porque os dois trechos da “avenida”, separados pela represa, não tem cruzamentos nem fiscalização.

  2. fevereiro 14, 2012 às 5:52 pm

    Olá Reginaldo, as lombadas são tão distantes umas das outras que se eles realmente quisessem correr, teriam espaço de sobra. Mas pelo que observei, tanto os carros quanto as motos trafegam devagar respeitando os ciclistas. A pista é fechada para o tráfego normal então raramente passa algum carro e imagino que eles sejam conhecidos.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: