Início > Notícias > Novos vencedores do Tour de France caso Lance Armstrong perca seus títulos

Novos vencedores do Tour de France caso Lance Armstrong perca seus títulos


Estava fazendo umas pesquisas após essa notícia bomba e resolvi juntar tudo neste post. Quis saber quem estava em segundo lugar em cada um dos sete anos em que o Lance foi o vencedor, e depois fui pesquisar o envolvimento de cada vencedor com as drogas. Segue…

Novos vencedores do Tour de France caso Lance Armstrong perca seus títulos:

2005 – Ivan Basso (ITA) – CSC
2004 – Andreas Klöden (GER) – T-Mobile
2003 – Jan Ullrich (GER) – Bianchi
2002 – Joseba Beloki (ESP) – ONCE
2001 – Jan Ullrich (GER) – Telekom
2000 – Jan Ullrich (GER) – Telekom
1999 – Alex Zülle (SUI) – Banesto

Com a saída do Lance Armstrong da lista, os maiores vencedores da história passam a ser Jacques Anquetil, Eddy Merckx, Bernard Hinault e Miguel Indurain, todos com cinco vitórias cada. Mas as cinco vitórias do Indurain foram seguidas.

Jan Ullrich passaria a ter quatro vitórias,  tornando-se o quinto maior vencedor.

OS VENCEDORES E AS DROGAS:

Bernard Hinault -> Nunca acusou positivo.

Miguel Indurain -> Embora tenha acusado positivo para salbutamol em 1994, a IOC e a UCI permitiram-no usar esse remédio para asma, na época.

Jacques Anquetil -> Nunca escondeu que tomava drogas e disse certa vez em uma TV francesa que só um bobo podia imaginar ser possível fazer o Bordeaux-Paris apenas com água.

Eddy Merckx -> Seu teste deu positivo para o estimulante Reactivan e Savona durante o Giro d’Italia de 1969 e foi eliminado do Giro após liderar por 16 etapas. Eddy protestou veementemente, alegando que seu time não esteve presente e que ele não teve defesa.

Jan Ullrich -> Em 2005 perdeu o seu terceiro lugar do Tour de France por causa de dopping. Em 2006 foi impedido de participar em meio a rumores de doping.

Fonte: Wikipedia (traduções feitas por mim para este post)

Um abraço

Veja também: https://dpedal.wordpress.com/2012/10/28/o-caso-lance-armstrong-um-resumo/

(Alteração em 29-out-2012: mudei a cor de todos os vencedores para verde. Não me achei no direito de pintar o nome de qualquer desses grandes ciclistas em outra cor, mesmo porque alguns casos não estão totalmente comprovados, como é o caso do Eddy Merckx que protesta.)

  1. Fabio
    agosto 25, 2012 às 12:10 am

    Olá Paulo ! Qual é o seu sentimento em relação aos acontecimentos recentes ? Mudou alguma coisa na experiência que você teve quando te foi dada a oportunidade de revisar o livro do Lance Armstrong para a nossa língua ?
    Abraço Fábio.

  2. agosto 25, 2012 às 6:27 am

    A notícia me atingiu bastante, isso porque quando participei da tradução do livro Lance Armstrong – Programa de Treinamento (http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/198790/lance-armstrong-programa-de-treinamento), o principal objetivo era colocar o meu nome lá, ao lado de um superstar, uma referência absoluta no ciclismo de estrada na época. Essa tradução deu muito trabalho, considerando que a minha rotina normal já estava demandando bastante, e tinha prazo apertado para o livro, de modo que eu tinha que cumprir 10 páginas todos os dias escritos à mão sobre uma tradução básica. Caso não desse para fazer as 10 páginas, o restante iria para o dia seguinte, então tive que trabalhar nos sábados, domingos e feriados também. Aprendendi muita coisa com esse trabalho, mas uma delas foi que as letras miúdas no rodapé dão quase meia folha normal dependendo do caso…
    Obviamente sou contra as drogas, remédios e concentrados de qualquer espécie, a menos que sejam suplementos comprovados cientificamente para proteger o atleta de desgaste, repondo as enormes demandas que não foram planejadas pela natureza para o corpo humano.
    O ciclismo de alto nível já passou há muito tempo da época em que era um esporte saudável, se é que algum dia já o foi. O papel da UCI, WADA e USADA é, além de tornar a competição justa, proteger os próprios atletas de práticas que podem destruí-los fisicamente.
    Um abraço.

  3. PAULO Stollar
    agosto 27, 2012 às 8:31 am

    Paulão, li que haverá casos em que o titulo irá para o 5o colocado, pois todos até o 1o tinham sido pegos no antidoping…

  4. agosto 27, 2012 às 9:20 am

    Hoje dei uma olhada na página dos vencedores do Tour de France http://www.letour.fr/2012/TDF/HISTO/us/palmares.html e ainda não atualizaram, Lance Armstrong ainda aparece na lista. Será que estão esperando essas investigações?

  5. outubro 14, 2012 às 1:58 pm

    O Tour de France, de acordo com o seu diretor Christian Prudhomme, pretende que não sejam reatribuídos os títulos das sete edições conquistadas pelo Lance Armstrong.

  6. outubro 29, 2012 às 12:01 pm

    Alteração em 29-out-2012: mudei a cor de todos os vencedores para verde. Não me achei no direito de pintar o nome de qualquer desses grandes ciclistas em outra cor, mesmo porque alguns casos não estão totalmente comprovados, como é o caso do Eddy Merckx que protesta.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: