Início > Técnica > Kit Pequeno e Kit Grande

Kit Pequeno e Kit Grande


Kit pequeno à esquerda da caneta esferográfica e o kit grande à direita

Kit pequeno à esquerda da caneta esferográfica e o kit grande à direita (Foto: Paulo Ciclista)

Montei um kit pequeno para usar na minha speed, para percursos civilizados como Ciclovia Rio Pinheiros, USP e Ciclofaixa. Uso o kit grande para pegar a estrada.
O kit grande pesa 150 g a mais que o kit pequeno, e é bom para aquelas situações em que você REALMENTE pretende usá-lo. É o caso das estradas, onde se espera normalmente um furo de pneu ou até mais. Nessas situações, é bom ter um kit mais confortável de usar, com uma bomba maior, cola tradicional, corta-corrente e chave de raio.
Uma curiosidade é que nesses mais de 20 anos de pedal, o kit pequeno teria me trazido para casa em TODAS as situações, motivo pelo qual resolvi montá-lo. O kit pequeno tem todos os Allen necessários, incluindo o de 8 mm para os pedivelas de eixo quadrado. Tem também uma chave de fenda para a regulagem do câmbio.
Para alguns, carregar esse kit exíguo é viver perigosamente, para um ganho de peso insignificante. O pior é que até concordo com eles. Mas vale pela brincadeira de tentar voltar para casa com um mínimo de equipamento e de usar as tecnologias existentes. Afinal, não é tudo apenas uma grande brincadeira? Outra coisa é que, em se tratando de speed, existe a tradição de se manter o peso no mínimo possível.

Os kits tên as seguintes características:

Kit grande:
Multitool: Crank Brothers Multi-17
– Allen 2, “2,5” , 3,4,5,6,8
– Chave de fenda e Philips
– Cortador de corrente
– Chave de raios 0,1,2,3
– Chave Torks t-25
– Peso: 168 g

Bomba: Lezyne Road Drive
– Mangueira de rosquear no bico
– 23 cm
– 160 psi
– Peso: 96 g

Kit de remendos:
– lixa + cola + remendos a frio + caixa de plástico

Kit pequeno:
Multitool: Park Tool IB-11
– Allen 3,4,5,6,8
– Chave de fenda
Peso: 66 g

Bomba: Blackburn AirStik SL
– 16 cm
– 59 g
– 160 psi (dado do fabricante, não dá isso de jeito nenhum…)

Kit de remendos:
– remendos sem cola Lezyne com 6 remendos e raspador de metal

O que o kit pequeno NÃO resolve:
– Corrente quebrada (raro, especialmente se trocar dentro dos 1 % de desgaste)
– Raio quebrado (raro, dependendo do peso do ciclista, estilo e terreno)

Diferença de peso: 150 g
Diferença de volume: o kit pequeno cabe em bolsa de selim pequena, inclusive a bomba. A bomba pode ser levada também no bolso da camisa. O kit grande precisa de bolsa grande de selim, sendo que a bomba vai presa ao quadro.

Em ambos os kits, acrescento as alavancas para desmontar o pneu e uma câmara de ar de reserva (são as partes mais importantes do conjunto, ah ah…)

Observação final para os amigos: Desde já peço as suas coisas emprestadas, caso me falte alguma coisa,  quando eu estiver com o kit pequeno…

Um abraço.

Categorias:Técnica Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. março 9, 2016 às 11:32 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: